Professora Teresa Cristina txt_1254681298 Texto Curso sobre produção de textos para concursos com vista ao ensino da estrutura, do desenvolvimento de ideia e do aprimoramento do estilo de escrita do aluno. Redação PORTUGUES PARA SEMPRE Português 24 horas/aula 6 encontros Último curso do ano! Inscrições abertas. Vagas limitadas! Gramática Início: 29 de novembro Redação Dissertativa Nossa metodologia de ensino: Visamos ensinar a Língua Portuguesa de maneira acessível, simples e clara, usando ótimo método didático. Nosso curso é centrado no estudo da Gramática Normativa por meio do raciocínio. Para isso, aprofundamos nosso estudo na parte da morfologia, uma vez que o conhecimento em análise sintática só ocorrerá se houver excelente base morfológica. Assim, os alunos do Centro de Estudos da Língua Portuguesa (CELP), aprendem a língua nativa compreendendo as relações entre as palavras e ampliando, gradual e significativamente, seus conhecimentos sintáticos. Conheça um pouco de nossa história: O Centro de Estudos da Língua Portuguesa (CELP) é um estabelecimento de ensino especializado em Língua Portuguesa. Foi fundado em 2005 pela experiente professora Teresa Cristina Jinkings Sant'Ana. Estruturado para oferecer cursos de Língua Portuguesa a candidatos a concursos públicos, vestibulares e prestar consultoria a empresas públicas e privadas. Pauta a sua atuação pela qualidade, dedicação e atendimento diferenciado aos alunos, o que faz do CELP um estabelecimento especial no ensino da Língua Portuguesa. Bem-vindo ao nosso website! Nossa galeria de fotos O Centro de Estudos da Língua Portuguesa (CELP) está localizado na área central de Brasília, Quadra 702 Norte, Edifício Brasília Rádio Center, sobreloja 53. Para segurança e comodidade dos alunos, o edifício dispõe de garagem interna a preço único de três reais. Para Concursos e Vestibulares Veja como atuamos Atuamos de acordo com os princípios éticos, visando transmitir aos alunos os conhecimentos necessários para que atinjam seus objetivos na área de atuação desejada. relacionamento de qualidade com todas as pessoascriatividade e diferenciaçãoatualização contínuahonestidade Cursos Especiais Nova Ortografia da Lìngua Portuguesa Atualização em Língua Portuguesa Redação Empresarial Redação Oficial Redação Dissertativa Gramática Aplicada ao Texto - GAT Gramática Extensiva Curso Integral Consultoria e Cursos Especiais Por que nos escolher? Nome: Mensagem: E-mail: Preencha os campos abaixo e envie sua dúvida, crítica ou sugestão. Sua mensagem é importante para que possamos aprimorar nossos cursos e atendimento. Formulário de mensagens on-line enviar Entrando em contato Nosso endereço: SRTVN Quadra 702 Edificio Brasilia Rádio Center, Sobreloja 53. Asa Norte - Brasilia/DF CEP.: 70900-620 Telefone: (61) 3326-1887 E-Mail: celp@portuguesparasempre.com.br Website: www.portuguesparasempre.com.br Na opinião de diversos ex-alunos que já lograram êxito em concursos, o CELP é o curso mais indicado para quem tem dificuldades em aprender Português ou quer fazer uma revisão minuciosa do seu conteúdo. A didática da professora Teresa Cristina, aliada ao fato das turmas serem compostas de no máximo 30 alunos , fazem a diferença. Regras Ortográficas Novo Acordo Ortográfico Reforma Ortografica A partir do ano de 2008 entrou em vigor a Reforma Ortográfica, que torna a Língua Portuguesa única em todo o mundo, principalmente nos países que a possui como idioma oficial. A nova regra já está valendo e sendo usada por algumas Bancas Examinadoras em provas de concursos públicos. Até 2012 ocorrerá um período de transição, as duas formas de escrita nesse meio tempo serão válidas nos concursos, vestibulares e escolas. Mas o porquê dessa Reforma Ortográfica? Há quase 20 anos tenta-se um acordo ortográfico na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CLPL), que é constituída por: Brasil, Portugal, Angola, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor Leste. Mas esse acordo só foi efetivado agora porque Portugal não cedia a adesão. O que muda na Língua Portuguesa? A pronúncia das palavras não irá mudar, apenas a sua escrita. Quais são as novas regras para a escrita? As letras k, y e w passam a fazer parte do alfabeto. Não se usará o acento circunflexo (^) : a) Nos ditongos ?oo?. Ex.: vôo / voo, perdôo / perdoo, abençôo / abençoo, enjôo / enjoo b) Nos hiatos ?eem? das terceiras pessoas do plural dos verbos: crer, dar, ler e ver. Ex.: crêem / creem, dêem / deem, lêem / leem, vêem / veem Não se usará acento agudo (´): a) Nos ditongos abertos ?ei? e ?oi?. Ex.: idéia / ideia , jibóia / jiboia, heróico / heroico, jóia / joia Exceção: Permanece nas palavras oxítonas e nos monossílabos. Ex.: herói / pá / dói b) Nas vogais ?I? e ?U? antecididas por ditongo. Ex.: feiúra / feiura, cauíla / cauila, baiúca / baiuca c) Na vogal ?U? tônica dos verbos: apaziguar, averiguar e arguir. Ex.: apazigúe / apazigue, averigúe / averigue, argúem / arguem Não se usará os acentos diferenciais. Ex.: pêlo / pelo, pára / para, pêra / pera, pólo / polo A trema deixará de existir, a não ser em nomes próprios e seus derivados. Ex.: lingüiça / linguiça, pingüim / pinguim, tranqüilo / tranquilo Müller ? nome próprio, mantêm a trema O hífen não será mais usado quando: a) A segunda palavra após o hífen iniciar com ?S? ou ?R?, essa letra dobrará. Ex.: anti-social / antissocial, contra-regra / contrarregra b) A primeira palavra termina em vogal e a segunda inicia também por vogal. Ex.: auto-escola / autoescola infra-estrutura / infraestrutura O hífen continua ser usado: a) Quando a segunda palavra for inicial pela letra ?H?. Ex.: super-homem / anti-higiênico / co-herdeiro / sobre-humano Exceção: Subumano. b) Quando o prefixo for terminado pela mesma vogal que iniciou a segunda palavra. Ex.: micro-ondas / anti-inflamatório / contra-ataque Exceção: prefixo co- (Ex.: cooperar / coordenar) c) Quando o prefixo for terminado pela mesma consoante que inicou a segunda palavra. Ex.: super-resistente / hiper-rápido / sub-bloco Exceção: O prefixo sub mantém hífen com palavra iniciada pela letra ?R?. Ex.: sub-raça d) Em palavras com os prefixos: Além, aquém, ex, pós, pré, pró, recém, sem, vice. Ex.: além-terra / aquém-mar / ex- noivo / pós-doutorado / pré-requisito / pró-ativo / recém-casados / sem-terra / vice-presidente e) Em sufixos com palavras de origem tupi-guarani: açu, guaçu e mirim. Ex.: capim-açu / embu-guaçu / guajará-mirim O hífen deixa de ser usado: a) Quando o prefixo terminar com vogal e a segunda palavra iniciar com as letras ?R? e ?S?. Retira-se o hífen e duplica-se as letras ?R? ou ?S?. Ex.: anti-rugas / antirrugas, / mini-saia / minissaia b) Quando o prefixo terminar com uma vogal diferente da vogal que iniciar a segunda palavra. Ex.: infra-estrutura / infraestrutura, auto-escola / autoescola, co-autor / coautor Em Portugal, as palavras que tem na sua grafia consoantes mudas, tais consoantes passarão a não existir. Ex.: facto / facto, acto / ato, acção / ação, óptimo / ótimo, baptismo / batismo txt_1257978173 fechar Páginas Interessantes Colocamos à disposição de nossos alunos algumas páginas da Internet com conteúdo de Língua Portuguesa. Revista da Língua PortuguesaAcademia Brasileira de LetrasMuseu da Língua PortuguesaLivro Clip txt_1257983588 Fechar txt_1257983140 Professora Teresa Cristina Tem mais de 23 anos de experiência na arte de encantar e seduzir por meio de palavras (escritas ou faladas). É graduada em Letras Plenas com Licenciatura em Língua e Literatura Portuguesas - Universidade de Brasília (UnB) e Pós-Graduada em Língua Portuguesa pela Universidade Católica de Brasília (UCB). É professora, consultora empresarial e palestrante. Passou por grandes grupos educacionais, como o Colégio Mackenzie de Brasília, onde foi coordenadora da Área de Língua Portuguesa dos Ensinos Fundamental e Médio; a UPIS-DF, onde lecionou curso de Redação Empresarial; o Colégio do CEUB; a Academia de Polícia Militar do Distrito Federal, onde ministrou Língua Portuguesa no Curso de Formação de Oficiais; no Obcursos onde participou da implantação do PRÉ-PAS. Além disso atuou como consultora em diversas instituições públicas e privadas. Ministrou cursos de Redação Oficial no Banco do Brasil, Procuradoria Geral da República, Receita Federal, Tribunal de Justiça do Distrito Federal e de Atualização em Língua Portuguesa na Procuradoria Geral do Distrito Federal, no SESI/SENAI, no Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, no Banco do Brasil, na ANVISA e INFRAERO. É autora do livro SOS Português Jurídico, Apostilas do Curso Integral de Língua Portuguesa ( cinco volumes), Apostila de Técnicas de Elaboração de Redação e Apostila de Redação Oficial. É proprietária e professora do Centro de Estudos da Língua Portuguesa (CELP), inaugurado em 2005. fechar Fechar Outros Serviços Além dos cursos regulares e consultorias em empresas, o CELP oferece também os seguintes serviços: Elaboração de RECURSOS para provas de concursos - inicialmente é feita a análise da redação ou prova e, caso seja viável, serão feitos os recursos necessários. Análise - R$ 100,00 Recurso - R$ 150,00 (cada)CORREÇÃO DE REDAÇÕES - de acordo com as normas estabelecidas pelas bancas de concursos. Correção de 3 redações por R$ 30,00CORREÇÃO DE TESES - de acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Lauda - R$ 9,00 txt_1257981302 fechar txt_1257982838 Relacionamentos Para o Centro de Estudos da Língua Portuguesa é um imenso orgulho atender às necessidades de empresas e instituições tão respeitadas no mercado. Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior - MDICEmpresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária - INFRAEROBanco do BrasilProcuradoria Geral do Distrito FederalAgência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISASistema CNI - Confederação Nacional da Indústria Fechar Redação Oficial Redação Empresarial Atualização em Língua Portuguesa Veja também: txt_1257982033 Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa O curso se propõe a apresentar as alterações efetuadas pelo Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, além de proporcionar o emprego das mudanças em situações práticas. Você vai aprender as alterações efetuadas pelo acordo e exercitá-las em situações práticas da língua. fechar txt_1257981633 Veja também: Redação Empresarial Nova Ortografia Redação Oficial fechar Atualização em Língua Portuguesa O curso de Atualização em Língua Portuguesa (com o novo acordo ortográfico) foi elaborado para proporcionar aos colaboradores das empresas públicas ou privadas subsídios para o desenvolvimento da competência comunicativa dentro dos princípios da norma culta. Além disso, auxilia no correto uso das regras gramaticais responsáveis pela coesão e coerência textuais. CONTEÚDO Aspectos gerais da norma culta. Níveis de linguagem Características da boa linguagem.Vícios da linguagem. Significação das palavras. Ortografia Oficial (Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa). O novo alfabeto. Divisão silábica. Acentuação. Hífen (novas regras) Dupla grafia (palavras variantes). Morfologia - Classes gramaticais Revisão das classes de palavras variáveis e seus usos nos textos. Numeral, artigo, pronome, substantivo, adjetivo e verbo. Revisão de classes de palavras invariáveis e seus usos nos textos. Preposição, advérbio, conjunção, interjeição. Estudo da Sintaxe Do período simples e composto. Revisão:Dos termos essenciais da oração : sujeitos , predicados e predicativos.Dos termos integrantes da oração: complementos verbais, nominais e agente da passiva.Dos termos acessórios da oração: adjunto adnominal e verbal, aposto. Vocativo (termo independente) Funções do que e do se. Relações sintáticas e concatenação de idéias. Colocação pronominal. Regência verbal e nominal. Concordância nominal e verbal. Crase Pontuação (uso da vírgula, do ponto-e-vírgula, do dois-pontos e de outros sinais de pontuação). Redação Empresarial Na "Era do Conhecimento", as organizações bem sucedidas serão aquelas com a capacidade de aprender mais rápido que seus concorrentes. Para isso, é fundamental que se comuniquem mais e melhor, interna e externamente, utilizando-se de linguagem objetiva, correta e concisa. O curso de Redação Empresarial tem como objetivo apresentar métodos para o aperfeiçoamento da escrita, identificando dificuldades, auxiliando na construção dos textos e analisando os erros mais comuns de ortografia e gramática. Visa aos profissionais de todas as áreas e níveis hierárquicos que necessitam aprimorar sua comunicação escrita para transmitir ideias e mensagens importantes que podem ajudar no alcance dos objetivos empresariais. Ao participar do curso de Redação Empresarial, o servidor ou empregado adquire habilidade para redigir textos objetivos e de fácil compreensão. Comunicação não é o que você diz, é o que o outro entende. Atualização em Língua Portuguesa Redação Oficial Nova Ortografia Veja também: txt_1257981506 Conteúdo Problemas gerais da norma cultaNovo acordo ortográficoCoerência - a articulação lógica das ideiasCoesão textual - o uso de conectivos que garantem a sequenciação da fraseConstruções ambíguasImplícitos (pressupostos e subentendidos)Conotação e denotaçãoEstrutura textual - relatórios, atas, procuração, e-mails, carta comercial, requerimento e outros textos empresariais fechar Redação Oficial O curso de Redação Oficial oferece recursos ao participante para que redija textos oficiais com clareza, elegância e objetividade, de acordo com a nova ortografia da língua portuguesa. txt_1257981898 Veja também: Atualização em Língua Portuguesa Redação Empresarial Nova Ortografia fechar Redação Dissertativa produção de textos (24h/a) Curso sobre produção de textos para concursos com vista ao ensino da estrutura, do desenvolvimento de ideia e do aprimoramento do estilo de escrita do aluno. Dirigido a quem vai prestar concurso e já possui conhecimentos de nível intermediário da norma culta. O curso tem uma carga-horária de 24 horas-aula. São seis encontros com duas aulas na semana. O aluno tem direito a desenvolver até 12 redações (duas por aula) que serão corrigidas de acordo com os critérios estabelecidos pelas bancas de concursos, sem nenhum custo adicional. txt_1257979606 Veja também: Curso Integral Gramática Extensiva Gramática Aplicada ao Texto CONTEÚDO O que é necessário para escrever bem?Como fazer uma boa RedaçãoTipologia textualVícios da linguagemEstrutura da dissertaçãoEstrutura do parágrafo padrão dissetativoTipos de tópicos frasalTipos de desenvolvimento da RedaçãoPlanejamento da RedaçãoEsquemas dissertativos básicosIdeias para um bom textoComo começar a expor um problemaComo desenvolver a análise de um problemaDesenvolvimento de texto por enumeraçãoRelação de oposiçãoComo fazer concessãoCoesão e coerência textuais fechar Gramática Aplicada ao Texto - GAT por meio de resolução de provas de concursos (24h/a) No curso de Gramática Aplicada ao Texto - GAT, o aluno aprende a fazer a leitura crítica de textos, conseguindo identificar a tipologia textual, as idéias e os recursos linguísticos significativos. O curso tem como base a resolução de provas dos últimos concursos de bancas tais como: CESPE, ESAF, FCC, FUNIVERSA, etc. É um curso destinado a quem vai prestar concurso público e quer aperfeiçoar as habilidades de leitura. Excelente para quem deseja fazer a manutenção dos conhecimentos adquiridos em Língua Portuguesa. As aulas ocorrem sempre às sextas-feiras. txt_1257978558 Conteúdo Veja também: Gramática Extensiva Redação Dissertativa Curso Integral Leitura e interpretação de textosPressupostos e subentendidos (inferências)Organização das idéias do textoTipologia textualRelações morfossintáticas e semênticas do textoEstruturas linguísticas do textoFunções da linguagemLinguagem denotativa e conotativaResolução de Provas dos últimos concursos fechar Curso Integral constituído dos módulos de gramática extensiva + gramática aplicada ao texto + redação dissertativa O Curso Integral, constituido dos módulos de Gramática Extensiva, Gramática Aplicada ao Texto e Redação Dissertativa, é indicado a quem vai prestar concurso público e a quem quer aprimorar o uso do nosso idioma. É também, dirigido aos alunos que desejam aprofundar seus conhecimentos em Língua Portuguesa e dominar as técnicas para elaboração de textos claros e objetivos. A duração do Curso Integral é de dois meses e meio com aulas às segundas, quartas e sextas-feiras ou terças, quintas e sextas-feiras. O material didático empregado no curso é composto de cinco apostilas de gramática extensiva e uma de técnicas de redação dissertativa elaboradas pela professora Teresa Cristina. Veja também: Redação Dissertativa Gramática Extensiva Gramática Aplicada ao Texto fechar à vista em duas vezes em três vezes X X X X txt_1257980989 Nos valores acima informados já está incluso o material didático exclusivo, elaborado pela Professora Teresa Cristina. (*) GAT = Gramática Aplicada ao Texto Investimento Valores Curso pretendido Redação Oficial Redação Gramática Aplicada ao Texto Gramática Redação + GAT Gramática + Redação Gramática + GAT 180,00 488,00 248,00 167,00 447,00 227,00 153,00 644,00 328,00 221,00 684,00 348,00 234,00 776,00 395,00 266,00 807,00 459,00 275,00 936,00 478,00 321,00 Curso Integral Gramática + GAT(*) + Redação fechar Turma CI-44 aulas: segundas, quartas e sextas-feiras das 19h às 22h Turma CI-45 aulas: terças, quintas e sextas-feiras das 19h às 22h Turma CI - 43 aulas: terças, quintas e sextas-feiras das 19h às 22h txt_1257979910 Programação dos Cursos preparação para concursos e atualização em Língua Portuguesa Curso Integral = Gramática + Gramática Aplicada ao Texto + Redação Curso Integral - Início: Curso Integral - Início: Curso Integral - Início: Cursos 2013 Investimento Saiba mais! Redação Dissertativa ,Redação Dissertativa Redação Dissertativa Redação Dissertativa Gramática Aplicada ao Texto Gramática Aplicada ao Texto Gramática Aplicada ao Texto Janeiro Fevereiro Março Abril Gramática Gramática Gramática Fechar Gramática Extensiva do básico ao avançado (76h/a) O curso de Gramática Extensiva foi formatado de modo a possibilitar ao aluno entender a gramática desde a sua fonte. A metodologia aplicada torna possível a aprendizagem da gramática mesmo para aqueles que já estão há algum tempo sem estudar Português. O conteúdo do material didático elaborado especialmente para os Cursos do CELP, segue a dinâmica das aulas o que facilita o acompanhamento do curso pelos alunos. São dezenove encontros com duração de quatro horas-aula cada, e o conteúdo prográmatico aborda, sem exceção, os contéudos solicitados em concursos públicos. É indicado para candidatos a concursos públicos, estudantes e aqueles que querem atualizar os conhecimentos em Língua Portuguesa. txt_1257978173 Veja também: Redação Dissertativa Curso Integral Gramática Aplicada ao Texto ConteúdoTópicos de Linguagem - Problemas Gerais da Norma CultaSemântica - Significação das palavrasFonética / Acentuação / Ortografia (Novo Acordo Ortográfico)MorfologiaProcesso de Formação das Palavras / Estrutura das PalavrasClasses de Palavras Variáveis e InvariáveisSintaxe - Frase - Oração - Período - Sintagama Nominal e Verbal - Temas Acessórios e Integrantes - Complemento Nominal e Verbal - O Predicativo e a Pontuação - Sujeito e Predicado - Funções sintáticas do "que" - Concordância Nominal e Verbal - Regência Verbal e Nominal - Pontuação - Emprego do sinal indicativo de Crase fechar Livros que o ajudarão no cotidiano (para tirar dúvidas) Livros sobre Gramática Livros sobre Gramática Livros sobre Gramática Livros sobre Gramática Técnicas Básicas de Redação - Branca Granatic Editora: ScipioneTécnica de Redação - Magda Becker Soares e Edson Nascimento Campos Editora Ao Livro TécnicoRedação em Construção - Agostinho Dias Carneiro Editora ModernaComo ler, entender e redigir um texto - Enilde L. de J. Faulstich Editora Vozes Técnica de Redação (O que é preciso saber para bem escrever) - Lucília Helena do Carmo Garcez Editora Martins Fontes Retornar 1001 Estrangeirismo (de uso corrente em nosso cotidiano) - José de Nicola Editora Saraiva Não Erre mais - Luís Antônio Sacconi Editora HarbraNão Confunda! - Luis Antônio Sacconi Editora SaraivaNossa Língua Curiosa - Pasquale Cipro Neto Publifolha Livros de Redação Dicionários Livros sobre Gramática Nova Gramática do Português Contemporâneo - Celso Cunha e Lindley Cintra Editora Lexikon (nível superior)Gramática Aprender e Praticar - Mauro Ferreira Editora ? FTD ? Edição Renovada (nível médio)Gramática em Tom de Conversa - Domício Proença Filho Editora do Brasil (5ª a 8ª série)Gramática da Língua Portuguesa - Roberto Melo Mesquita Editora Saraiva (5ª a 8ª série)Gramática da Língua Portuguesa para Concursos, Vestibulares - Nilson Teixeira Almeida Editora Saraiva Dicionários de Questões Vernáculas - Napoleão Mendes de Almeida Editora ÁticaDicionário Prático de Regência Verbal - Celso Pedro Luft Editora ÁticaDicionário de Verbos e Regimes - Francisco Fernandes Editora GloboDicionários de Pronúncia Correta - Luiz Antônio Sacconi Nossa EditoraDicionário de Ideias Afins - Hermínio Sargentim Editora IBEP Relação de livros de gramáticas, dicionários e outros recomendados pela Professora Teresa Cristina. Livros Indicados para leitura complementar fechar Escolha o assunto de sua aula. Junte seu grupo de estudos, agende um dia e tire suas dúvidas. São 4h/a. no período da tarde (14h30 às 17h30). Tópicos a escolher AcentuaçãoUso do hífenCrasePontuaçãoColocação pronominalConcordância nominalConcordância verbalRegência nominalRegência verbalSemânticaUso dos pronomesSujeito e predicado (termos essenciais da oração)Termos integrantes da oração (objeto direto, objeto indireto, complemento nominal, agente da passiva)Termos acessórios da oração (adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto)Classes gramaticaisFunções do que e do seVozes verbais (ativa, passiva e reflexiva)Formas nominais dos verbos (infinitivo, gerúndio, particípio)Modos e tempos verbais Grupos de Estudos fechar Material Didático utilizado no CELP Folha de Redação Folha de Redação Folha de Redação Indicações Bibliográficas Indicações Bibliográficas Concursos Conjugação de Verbos Dicionário Páginas Interessantes Sumário das Apostilas CELP Sumário e amostra do conteúdo das Apostilas CELP Folha de Redação CELP com os critérios de avaliação conforme as bancas examinadoras Relação de livros indicados pela Professora Teresa Cristina Acompanhe o andamento dos principais concursos públicos. Conjugador de verbos da Língua Portuguesa. Saiba o significado das palavras utilizando o Michaelis Moderno Dicionário da Língua Portuguesa. Amplie os conhecimentos em Língua Portuguesa conhecendo páginas interessantes. Dicas CELP Resolução de Questões de Concursos Saiba tudo sobre gramática e a forma como os diferentes tópicos são cobrados em concursos. Espaço do Aluno Aqui você confere dicas, informações, exercícios, notícias e artigos sobre Língua Portuguesa. X txt_1257983446 Retornar Dicas CELP Dica - 001 Onde / Aonde / Donde Dica - 002 Bastante ou Bastantes? Dica - 003 Todo / Todo o Dica - 004 Independente e Independentemente Dica - 005 Uso do Porquê Dica - 006 Alguns erros muito comuns Dica - 007 As casadinhas Dica - 008 Verbo Fazer Dica - 009 Masculino ou Feminino? Dica - 010 Vítimas fatais Dica - 011 Para trabalhar ou para trabalharem? Dica - 012 Melhor ou melhores? Dica - 013 A porcentagem e a concordância Dica - 014 Você sabe conjugar o verbo "REAVER"? Dica - 015 É possível "EXTORQUIR" alguém? Dica - 016 Veredicto ou Veredito? Dica - 017 Retornar à ligação Dica - 018 Maestria / Mestria Dica - 019 Melhor preparado ou Mais bem preparado? Dica - 020 A moral / o moral Dica - 021 Sou eu que paga a conta? ou sou eu quem paga a conta? Dica - 022 O que são verbos unipessoais? Dica - 023 Verbo parecer na locução verbal Dica - 024 Pronúncias fechar Outras Dicas CELP Dica 023 - Verbo parecer na locução verbal? Observe os seguintes períodos: a) Muitas crianças parecem ser adultas. b) Muitas crianças parece serem adultas. As duas orações estão corretas, pois, quando o sujeito da oração está no plural ou apresenta dois ou mais núcleos, o verbo parecer seguido de infinitivo pode ficar no singular ou no plural. Outros exemplos: Os opositores do político parecem estar satisfeitos. Os opositores do político parece estarem satisfeitos. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 022 - O que são verbos unipessoais? Verbos unipessoais são aqueles cujo sujeito não é uma pessoa do discurso (1ª, 2ª ou 3ª), mas uma oração inteira, por isso devem ficar sempre na 3ª pessoa do singular. Os verbos bastar, constar, convir, cumprir, faltar e urgir são alguns exemplos de verbos unipessoais. Exemplo: Cumpre-nos discutir o assunto. sujeito Consta que os corruptos serão punidos. sujeito Falta-lhes assinar os documentos. sujeito Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 021 - Sou eu que pago a conta? ou Sou eu quem paga a conta? As duas orações estão corretas. 1º) Se o sujeito da oração é o pronome relativo que, o verbo concorda com o seu antecedente. Exemplo: Fui eu que o incentivei. Fomos nós que o incentivamos. 2º) Se o sujeito da oração é o pronome relativo quem, o verbo vai para a 3ª pessoa do singular ou concorda com o seu antecedente. Exemplo: Fui eu quem o apoiou. Fui eu quem o apoiei. Fomos nós quem o chamamos. Fomos nós quem o chamou. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 020 - A MORAL / O MORAL O moral ( = estado de espírito) A moral ( = ética) Portanto, É necessário reerguer o moral dos atletas. (o ânimo) Ele tem muita moral em sua vida. (ética) Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 019 - MELHOR PREPARADO OU MAIS BEM PREPARADO? O correto é mais bem preparado, uma vez que, antes de particípio não se pode usar as formas melhor e pior. Portanto, Os jovens de hoje estão mais bem preparados que os de antigamente. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 018 - MAESTRIA / MESTRIA Maestria é palavra relacionada a maestro. Mestria é palavra relacionada a mestre. Portanto, Ele jogou com mestria. (como mestre) Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 017 - RETORNAR À LIGAÇÃO O verbo retornar, no sentido de dar retorno a recado, telefonema, etc., é transitivo indireto que pede a preposição a. Portanto, construa: Eles ainda não retornaram ao meu contato. Ele sempre retorna aos telefonemas recebidos. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 020 - A MORAL / O MORAL O moral ( = estado de espírito) A moral ( = ética) Portanto, É necessário reerguer o moral dos atletas. (o ânimo) Ele tem muita moral em sua vida. (ética) Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 016 - "VEREDICTO" ou "VEREDITO"? A forma correta é "VEREDICTO", palavra de origem latina que significa "verdadeiramente dito". Não são palavras variantes, como "contato" e "contacto" (ambas aceitas na norma culta). Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 015 - É possível "extorquir" alguém? O verbo "EXTORQUIR" significa "obter por meio de violência ou de ameaça". Assim, é claro que só é possível extorquir algo de alguém. Portanto, escreva corretamente: "O bandido extorquiu dinheiro do comerciante" e não " O bandido extorquiu o comerciante" (uso errado) Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP txt_1254779524 txt_1254779514 Dica 014 - Você sabe conjugar o verbo "REAVER"? "REAVER" é um verbo defectivo (com defeito na conjugação). Ele é formado pelo prefixo "RE"- mais o verbo "HAVER" e só existe nas formas em que o verbo "HAVER" apresenta a letra "V", por isso, no presente do indicativo, só existem duas formas: "Nós reavemos" e "Vós reaveis" O maior problema ocorre na conjugação do pretérito perfeito: Eu reouve (re + houve) Tu reouveste Ele reouve Nós reouvemos Vós reouvestes Eles reouveram Portanto, Eu reouve o meu dinheiro. Ele reouve o dinheiro dele. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Outras Dicas CELP Dica 013 - A porcentagem e a concordância Quando o sujeito apresenta porcentagem, devemos observar três situações:. a) Sem especificador, o verbo deve concordar com a porcentagem. Exemplo: 1% estudou. (até 1,9%, verbo no singular) 2% votaram (acima de 2% verbo no plural) b) Com especificadro, o verbo pode concordar com a porcentagem ou com o especificador. Exemplo: 1% dos turistas se animou. (concordância com a porcentagem) ou 1% dos turistas se animaram. (concordância com o especificador) c) Se o verbo aparecer antes da porcentagem, a concordância deve ser obrigatoriamente com o número. Exemplo: Votou 1% dos eleitores. Votaram 2% dos eleitores. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 012 - Melhor ou melhores? A palavra melhor só pluraliza quando for adjetivo, ou seja, quando estiver modificando um substantivo. Exemplo: Elas são as melhores amigas. Ela é minha melhor amiga. A palavra melhor é invariável quando for advérbio, isto é, quando estiver ligada a verbo, adjetivo ou outro advérbio. Exemplo: Eles analisaram melhor o caso. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 011 - Para trabalhar ou para trabalharem? Os senadores foram eleitos para trabalhar ou para trabalharem. Infelizmente, estão mais preocupados em "bater boca" em plenário. Com a preposição para, o verbo no infinitivo pode ficar no singular ou ir para o plural concordando com o termo a que se refere semanticamente. Outros exemplos: Eles chegaram para estudar. ou Eles chegaram para estudarem. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 010 - Vítimas fatais? Fatal é o "prescrito pelo fado, pelo destino". É, portanto, o inevitável. Pode significar também o que causa a morte, mortal, letal. Isso quer dizer que Fatal é o acidente, não as vítimas. O acidente é que causa a morte. Portanto, Foi um acidente fatal com duas vítimas. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 009 - Masculino ou Feminino? 1) A agravante - agravante, assim como atenuante, são palavras femininas. Exemplo: Havia uma agravante no processo. O advogado alegou a existência de algumas atenuantes. 2) O dó - a palavra dó é masculina. Exemplo: Sento muito dó daquela senhora. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 008 - Verbo Fazer O verbo fazer , referindo-se a tempo decorrido, é impessoal (= sem sujeito); por isso, só deve ser usado no singular. Exemplo: Faz quinze anos que ele partiu. Faz meses que não o vejo. Deve-se lembrar que essa regra se aplica também às locuções verbais. Quando o verbo principal for fazer (= tempo decorrido), o auxiliar deve ficar no singular. Exemplo: Já deve fazer dois meses que eu o conheci. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 007 - As Casadinhas de -------------- a das ------------- às da ------------- à Para que determinadas construções respeitem a norma culta, é preciso observar o correto uso das relações acima. Portanto, A aula será das 9h às 12h. Trabalhamos de segunda a sexta-feira. Leia da página 5 à 10. É claro que, se a primeira palavra da relação for masculina, deve-se usar o artigo masculino. Exemplo: Ele ficou conosco do meio-dia à meia noite. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 006 - Alguns erros muito comuns. 1. "Mal cheiro", "mau-humorado". Mal opõe-se a bem e mau, a bom. Assim: mau cheiro (bom cheiro), mal-humorado (bem-humorado). Igualmente: mau humor, mal-intencionado, mau jeito, mal-estar. 2. "Fazem" cinco anos. Fazer, quando exprime tempo, é impessoal: Faz cinco anos. / Fazia dois séculos. / Fez 15 dias. 3. "Houveram" muitos acidentes. Haver, como existir, também é invariável: Houve muitos acidentes. / Havia muitas pessoas. / Deve haver muitos casos iguais. 4. "Existe" muitas esperanças. Existir, bastar, faltar, restar e sobrar admitem normalmente o plural: Existem muitas esperanças. / Bastariam dois dias. / Faltavam poucas peças. / Restaram alguns objetos. / Sobravam idéias. 5. Para "mim" fazer. Mim não faz, porque não pode ser sujeito. Assim: Para eu fazer, para eu dizer, para eu trazer. 6. Entre "eu" e você. Depois de preposição, usa-se mim ou ti: Entre mim e você. / Entre eles e ti. 7. "Há" dez anos "atrás". Há e atrás indicam passado na frase. Use apenas há dez anos ou dez anos atrás. 8. "Entrar dentro". O certo: entrar em. Veja outras redundâncias: Sair fora ou para fora, elo de ligação, monopólio exclusivo, já não há mais, ganhar grátis, viúva do falecido. 9. "Venda à prazo". Não existe crase antes de palavra masculina, a menos que esteja subentendida a palavra moda: Salto à (moda de) Luís XV. Nos demais casos: A salvo, a bordo, a pé, a esmo, a cavalo, a caráter. 10. "Porque" você foi? Sempre que estiver clara ou implícita a palavra razão, use por que separado: Por que (razão) você foi? / Não sei por que (razão) ele faltou. / Explique por que razão você se atrasou. Porque é usado nas respostas: Ele se atrasou porque o trânsito estava congestionado. 11. Vai assistir "o" jogo hoje. Assistir como presenciar exige a: Vai assistir ao jogo, à missa, à sessão. Outros verbos com a: A medida não agradou (desagradou) à população. / Eles obedeceram (desobedeceram) aos avisos. / Aspirava ao cargo de diretor. / Pagou ao amigo. / Respondeu à carta. / Sucedeu ao pai. / Visava aos estudantes. 12. Preferia ir "do que" ficar. Prefere-se sempre uma coisa a outra: Preferia ir a ficar. É preferível segue a mesma norma: É preferível lutar a morrer sem glória. 13. O resultado do jogo, não o abateu. Não se separa com vírgula o sujeito do predicado. Assim: O resultado do jogo não o abateu. Outro erro: O prefeito prometeu, novas denúncias. Não existe o sinal entre o predicado e o complemento: O prefeito prometeu novas denúncias. 14. Não há regra sem "excessão". O certo é exceção. Veja outras grafias erradas e, entre parênteses, a forma correta: "paralizar" (paralisar), "beneficiente" (beneficente), "xuxu" (chuchu), "previlégio" (privilégio), "vultuoso" (vultoso), "cincoenta" (cinqüenta), "zuar" (zoar), "frustado" (frustrado), "calcáreo" (calcário), "advinhar" (adivinhar), "benvindo" (bem-vindo), "ascenção" (ascensão), "pixar" (pichar), "impecilho" (empecilho), "envólucro" (invólucro). 15. Quebrou "o" óculos. Concordância no plural: os óculos, meus óculos. Da mesma forma: Meus parabéns, meus pêsames, seus ciúmes, nossas férias, felizes núpcias. 16. Comprei "ele" para você. Eu, tu, ele, nós, vós e eles não podem ser objeto direto. Assim: Comprei-o para você. Também: Deixe-os sair, mandou-nos entrar, viu-a, mandou-me. 17. Nunca "lhe" vi. Lhe substitui a ele, a eles, a você e a vocês e por isso não pode ser usado com objeto direto: Nunca o vi. / Não o convidei. / A mulher o deixou. / Ela o ama. 18. "Aluga-se" casas. O verbo concorda com o sujeito: Alugam-se casas. / Fazem-se consertos. / É assim que se evitam acidentes. / Compram-se terrenos. / Procuram-se empregados. 19. "Tratam-se" de. O verbo seguido de preposição não varia nesses casos: Trata-se dos melhores profissionais. / Precisa-se de empregados. / Apela-se para todos. / Conta-se com os amigos. 20. Chegou "em" São Paulo. Verbos de movimento exigem a, e não em: Chegou a São Paulo. / Vai amanhã ao cinema. / Levou os filhos ao circo. 21. Atraso implicará "em" punição. Implicar é direto no sentido de acarretar, pressupor: Atraso implicará punição. / Promoção implica responsabilidade. 22. Vive "às custas" do pai. O certo: Vive à custa do pai. Use também em via de, e não "em vias de": Espécie em via de extinção. / Trabalho em via de conclusão. 23. Todos somos "cidadões". O plural de cidadão é cidadãos. Veja outros: caracteres (de caráter), juniores, seniores, escrivães, tabeliães, gângsteres. 24. O ingresso é "gratuíto". A pronúncia correta é gratúito, assim como circúito, intúito e fortúito (o acento não existe e só indica a letra tônica). Da mesma forma: flúido, condôr, recórde, aváro, ibéro, pólipo. 25. A última "seção" de cinema. Seção significa divisão, repartição, e sessão equivale a tempo de uma reunião, função: Seção Eleitoral, Seção de Esportes, seção de brinquedos; sessão de cinema, sessão de pancadas, sessão do Congresso. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 005 - Uso do Porquê. Grafa-se ?por que? (separado e sem acento) em dois casos: a) Nas frases interrogativas (não no fim). Exemplos: Por que saíste agora? E nós, por que ficamos? b) Quando for substituível por ?pelo qual?, ?pela qual?, ?pelos quais?, ?pelas quais?. Exemplos: As dificuldades por que passei foram muitas. (As dificuldades pelas quais passei foram muitas). Grafa-se ?por quê? (separado e com acento), quando essa expressão aparecer no final de frases. Exemplos: Saíste agora por quê? Ninguém sabe por quê. Grafa-se ?porquê? (junto e com acento), quando essa palavra estiver substantivada (antecedida de artigo). Exemplos: O porquê da questão não foi esclarecido. Um porquê pode ser grafado de quatro modos. Grafa-se ?porque? (junto e sem acento) nos demais casos. Exemplos: Não fui à aula, porque estava doente. Nota: Após os vocábulos ?eis? e ?daí?, subentende-se a palavra ?motivo?, o que justifica a grafia da palavra separadamente. Exemplos: Daí por que não aceitei as reclamações. (Daí o motivo pelo qual não aceitei as reclamações). Eis por que sou muito feliz. (Eis o motivo pelo qual sou muito feliz). Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 004 - Independente e Independentemente Independente é adjetivo. Independentemente é advérbio. Exemplo: Aquela moça é independente dos pais. Agiu independentemente dos pais. Independentemente do clima, vou à praia. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP Dica 003 - Todo / Todo o - Toda / Toda a a) Todo e Toda, sem artigo definido, significam qualquer, todos. Exemplo: Toda iluminação é bem-vinda às ruas. (qualquer iluminação) Todo mês ele doa sangue. (todos os meses) b) Todo o e Toda a, com artigo definido, significam inteiro. Exemplo: Toda a fiação será trocada. (a fiação inteira) Ele trabalhou todo o mês. (o mês inteiro) Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP txt_1258753875 Dica 002 - Bastante ou Bastantes? a) Como advérbio de intensidade (=muito), é invariável. Exemplo: Eles estudaram bastante para passar no concurso. Eles ficaram bastante triste com a notícia. b) Como pronome indefinido é usado antes de um substantivo e deverá concordar com o substantivo. Exemplo: Ele tem bastantes batatas para descascar. As crianças precisam comer bastantes frutas. c) Como adjetivo é usado após um substantivo e significa suficiente e deve concordar com o susbtantivo. Exemplo: Ele tem conhecimento bastante para passar no concurso. Professora Teresa Cristina X Outras Dicas CELP txt_1258753645 Dica 001 - Onde / Aonde / Donde As formas onde, aonde e donde referem-se a lugar físico e seu uso depende da regência. Observe as preposições: onde = em que lugaraonde = a que lugardonde = de que lugar Morfologicamente podem ser : a) pronome relativo Como pronome relativo, a preposição é pedida por verbo posterior. Exemplo: O hotel / em que ela está hospedada / é luxuoso. (onde) A cidade / de onde ele vem / é pequena. (donde) A loja / a que vou / fica no shopping. (aonde) b) advérbio Como advérbio, a preposição é pedida por verbo anterior. Exemplo: Vou ao lugar que quero. (aonde) Estou no lugar que quero. (onde) Venho do lugar em que vivi dez anos. (donde) Professora Teresa Cristina X Depoimentos de ex-alunos De:OSNIR NASCIMENTO Enviada em: seg 25/02/2013 19:06 Para:CELP - Português para Sempre Cc: Assunto: GABARITEI A PROVA DE PORTUGUÊS Profª Teresa, Gostaria de agradecer a oportunidade de assistir as suas aulas de português. Consegui gabaritar as 10 questões da prova de português do Ministério da Cultura que fiz ontem. É a primeira de muitas conquistas. Nunca consegui atingir esta meta. Obrigado pelo incentivo. Osnir Nascimento =================================================================================== De: Rafaela Queiroz Para: celp@portuguesparasempre.com.br Cc: Data: 30/01/2013 23:33 Assunto: Recurso ANAC Boa noite professora Teresa!! Saiu o resultado do recurso e, graças a Deus e a senhora, o meu foi aceito. Consegui um ponto a mais na redação o que foi suficiente para passar na discursiva e ficar entre os homologados. Agora eh so rezar e esperar. Muito obrigada! Rafaela Enviado via iPod --------- Mensagem Original -------- De: "Janaina Catete Para: "CELP - Português para Sempre" <celp@celpportugues.com.br>, Assunto: Obrigada Data: 18/02/10 17:04 Professora Teresa e Manoel, Obrigada por tudo. [ ] Janaina É com imensa alegria que comunico que tomei posse na Câmara dos Deputados no dia 2/2/2010, para o cargo de Analista Legislativo - Informática, com provas aplicadas em agosto/2007. Não é apenas ?slogan? que no Celp o ?português é para sempre?. Fiz o curso de Português em 2006, pois não admitia acertar apenas 50% das questões. Simultaneamente, participava de Coral e de curso de Espanhol. Para mim, era como se estudasse três línguas estrangeiras, pois via o Português como uma língua completamente nova. Minha meta era atingir 100% de acertos na prova de português. Nunca consegui, mas quase cheguei lá, errando uma ou duas questões no máximo. Quando meu rendimento caía, voltava a algumas aulas de GAT para me atualizar. Eu fiz a minha parte e o Celp, na pessoa da Professora Teresa, fez a dele. Além das aulas excelentes, era como se ela tivesse um acompanhamento pessoal de cada um dos seus alunos. O fato de me conhecer e me tratar pelo nome, dar abertura para eu expor as minhas dificuldades e me ajudar a superá-las, de se colocar inteiramente à disposição para tirar dúvidas sem se importar com horário, ajudar nos recursos, fez com que eu não me sentisse apenas mais uma aluna. Era motivador poder compartilhar com ela essas "pequenas" conquistas (Professora, acertei 14 de 15 questões!!!). E ela me incentivava e vibrava com as minhas conquistas, mesmo quando eu já não estava regularmente em sua sala de aula. Na prova da Câmara, a prova de Português foi decisiva. Todos esperavam a prova no estilo tradicional de prova da FCC, porém uns três concursos antes, a FCC adotou o estilo de prova do Cespe. E eu estava preparada para isso. Obrigada por tudo. Janaina ========================================================================= De: Bruno Fiorillo Enviada em: terça-feira, 15 de dezembro de 2009 20:37 Para: 'CELP - Português para Sempre' Assunto: RES: Mensagem de Natal - Centro de Estudos da Língua Portuguesa - CELP Cara Professora Teresa Cristina, Espero que o Celp esteja indo cada vez melhor, lembro quando estudei ai em 2008, gostei demais do curso de redação que fiz, tanto que respondi algum tempo depois enviando minha redação no concurso do Ibama no qual tirei a melhor nota dentre todos os aprovados. Hoje, já entrei no IBAMA e já sai e estou na Anac, um concurso no qual tirei nota 10 na Redação. Nenhum errinho de português. Por esse motivo gostaria novamente de agradecer e dizer que o trabalho de vcs facilitou demais o caminho pra que eu hoje estivesse no cargo que eu queria! Desejo um ótimo 2010 pro CELP que realmente merece cada vez crescer mais. Estou fazendo a minha parte de indicar para varias pessoas. Um abraço Bruno Fiorillo ========================================================================= De: Joao da Silva Abreu Enviada em: quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 11:53 Para: CELP - Português para Sempre Assunto: Muitas felicidades neste novo ano - João Obrigado pela mensagem. Desejo a todos saúde e felicidades. Boas festas e novas esperanças neste novo ano. Professora ! você é especial. Obrigado. João Abreu ========================================================================= De: renato Gomes Enviada em: quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 18:21 Para: CELP - Português para Sempre Assunto: Re: Mensagem de Natal - Centro de Estudos da Língua Portuguesa - CELP oi professora obrigado pelos votos e que Deus abençoe sua vida e de sua familia e se poder avisar sobre as novas turmas seria legal bjus e otimas festas ========================================================================= De: Nadia Regina Matta Enviada em: quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 19:46 Para: CELP - Português para Sempre Assunto: Re: Mensagem de Natal - Centro de Estudos da Língua Portuguesa - CELP Oi Teresa, senti falta das aulas, saudades... Agradeço sua mensagem de Natal. Desejo a você e aos seus um Natal cheio de saúde e muitas alegrias! Que 2010 seja repleto de realizações! Espero voltar em Janeiro. Ligarei para consultar valores posteriormente. Abraços, Nádia. ========================================================================= De: Carlos Thiago Teixeira Enviada em: quinta-feira, 17 de dezembro de 2009 10:25 Para: CELP - Português para Sempre Assunto: Sugestão de Gramática Bom dia. Fui aluno do curso este ano e estou muito satisfeito com o aprendizado que aí tive. Meu desempenho nas questões de português melhorou bastante! No entando, percebi depois de meses que não possuo uma Gramática sequer. Gostaria de pedir então a sugestão da professora Teresa Cristina: qual gramática eu deveria adquirir para, além de complementar as apostilas do CELP, auxiliar nos concursos públicos? Obrigado! ========================================================================= fechar Cronograma: Investimento: Início: 30 de setembro de 2013 Aulas: segundas, quartas e sextas-feiras, das 19h às 22h. Total de 124 h/a Cronograma: Curso Integral Curso Integral R$ 975,00 ou 2x R$ 497,00 ou 3x R$ 334,00 (parcelamento com cheques) (material didático incluso) Gramática Extensiva (76h/a) Setembro: 30 Outubro: 2, 7, 9, 14, 16, 21, 23, 28, 30 Novembro: 4, 6, 11, 13, 18, 30, 25, 27 Dezembro: 2 Gramática Aplicada ao Texto (24h/a) Outubro: 25 Novembro: 1º, 8, 22, 29 Dezembro: 6 Redação (24h/a) Janeiro/2014: 2ª quinzena Fechar txt_1257981633 Informações sobre Concursos previstos e em andamento atualizado em 16/1/10 fechar MPOG - Ministério do PLanejamento, Orçamento e Gestão Abre 100 vagas de nível superior para o cargo de analista de planejamento e orçamento. O salário é de R$ 12.413,65. As inscrições vão até o dia 17 de janeiro. As provas serão realizadas em 27 e 28 de fevereiro. Organização: ESAF www.esaf.fazenda.gov.br Banco da Amazônia Seleção de cadastro reserva para os cargos de técnico científico e técnico bancário. Oportunidades para candidatos dos níveis médio e superior. Os salários são de R$ 1.128,68 e R$ 1.539,95. Inscrições até 17 de janeiro. Provas em 21 de fevereiro. Organização: CESPE/UnB. www.cespe.unb.br/concursos. Petrobras - Petróleo Brasileiro S.A Abre 626 vagas em várias regiões do país, inclusive no Distrito Federal. Oportunidades de vários cargos para candidatos de níveis médio e superior. Salários de R$1.141,61 a R$ 5.685,07. Inscrições até 29 de janeiro. Provas em 7 de março. Organização: CESGRANRIO www.cesgranrio.org.br/eventos/concursos/concursos.html. Conselho Federal de Medicina Veterinária do Distrito Federal - CFMF/DF Abre 128 vagas de cadastro reserva para os níveis fundamental, médio e superior. São 14 cargos diferentes. Salários iniciais entre R$1.045,04 e R$4.516,60. Inscrições até 29 de janeiro. Provas em 21 de fevereiro. Concurso válido por dois anos. Organização: Instituto Quadrix. www.quadrix.org.br. Departamento Nacional de Produção Mineral - DNPM Abre 256 vagas para os cargos de técnico em atividade de mineração, analista administrativo e especialista em recursos minerais. Oportunidades para candidatos dos níveis médio e superior. Os salários vão de R$1.517,35 a R$ 3.058,46. Inscrições de 18 a 31 de janeiro. Provas em 7 de março. Organização: Instituto Movens. www.movens.org.br. Ministério do TRabalho e Emprego - MTE Abre 234 vagas de nível superior para o cargo de auditor-fiscal do trabalho. Inscrições de 18 deste mês a 1º de fevereiro. Provas em 14 de março. O salário é de R$ 13.067,00. Organização: ESAF www.esaf.fazenda.gov.br. Fundação Nacional dos Índios - FUNAI Abre 425 vagas para vários locais do país, inclusive o Distrito Federal. Oportunidades para candidatos dos níveis fundamental, médio e superior. Os cargos são de auxiliar em inigenista especializado. Os salários vão de R$ 3.080,38 a R$4.048,28. Inscrições até 5 de fevereiro. Provas em 14 de março. Organização: Instituto CETRO www.institutocetro.org.br. COBRA TECNOLOGIA Abre 2.928 vagas - cadastro de reserva e contratação imediata - em várias localidades, inclusive no Distrito Federal. Os candidatos devem ter níveis ou superior. Oportunidades para os cargos de analista adminsitrativo, analista de operações, técnico administrativo e técnico de operações. Salários de R$1.100,00 a R$ 2.860,00. Inscrições até 11 de fevereiro. Provas em 14 de março. Organização: ESPP Concursos. www.espp-concursos.com.br/concursos.asp. Instituto Brasileiro de Museu - IBRAM Oportunidades em várias localidades, inclusive no Distrito Federal, para os cargos de assistente técnico I, analista I, técnico em assuntos culturais. Salários de R$ 2.133,32 a R$ 3.012,82. Inscrições de 21 de janeiro a 23 de fevereiro. Provas em 21 de março. Organização: FUNCAB www.funcab.org. Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL Foi publicada no Diário Oficial da União a autorização do Ministério do PLanejamento para a realização de novo concurso público para a ANEEL. São 186 vagas no total, sendo 63 para cargo de analista administrativo e 76 para o de especialista em regulação de serviços públicos de energia, ambos de nível superior. Outras 47 vagas, de nível intermediário, são para técnicos administrativos. O prazo para lançamento do edital é de até seis meses. A remuneração será de R$ 8.955,00 para o analista, R$ 9.378,40 para o especialista e R$ 4.548,47 para o técnico administrativo. Quem Somos Português para Empresas Português para Concursos e Atualização Diferenciais:Material Didático incluso: com teoria detalhada e grande número de exercícios.Turmas pequenas: sabemos o quanto é importante o aluno ter acesso ao professor para fazer perguntas e tirar dúvidas. Por isso, nossas turmas são de, no máximo, 30 alunos. Clique aqui e veja o Cronograma e investimento no curso. Matrículas abertas! (aulas as terças, quintas e sextas-feiras, das 19h às 22h) Início: 1º de abril Curso Integral Matrículas abertas! (aulas segundas e quartas-feiras, das 19h às 22h) De 7 a 28 de abril Aprimoramento para empresas de todos os segmentos, profissionais liberais de todas as áreas e estudantes. Saiba mais Prepare-se para alcançar êxito nos Concursos Públicos ou revisar e atualizar os conhecimentos da Língua Portuguesa. Saiba mais Dicas Folha de Redação Livros indicados Recursos para Concursos Correção de Redações Regras Ortográficas Conjugador de Verbos Sites interessantes É composto por três módulos: Gramática Extensiva (76h/a), Gramática Aplicada ao Texto - GAT (24h/a) e Redação Dissertativa (24h/a) e tem duração média de dois meses e meio. Caso seja interesse do aluno, os módulos podem ser cursados separadamente. O Curso Integral é centrado no estudo da Gramática Normativa por meio do raciocínio e não da "decoreba". Para isso, aprofundamos o estudo na parte da morfologia (estrutura e classificação das palavras), uma vez que o conhecimento em sintaxe só ocorrerá se houver excelente base morfológica. Aprenda Português em definitivo, matriculando-se no Curso Integral do CELP. Curso de Redação Dissertativa Agende-se: Galeria CELP - Centro de Estudos da Língua Portuguesa - Tel.: (61) 3326-1887 ou (61)8226-6219 SRTVN Quadra 702 Ed. Brasília Rádio Center, sobreloja 53 (próximo ao Brasília Shopping, ao lado da Rede Globo) Depoimentos de ex-alunos Cursos Fale Conosco Centro de Estudos da Língua Portuguesa CELP - Centro de Estudos da Lingua Portuguesa - Todos os direitos reservados - 2009 Contatos: (61)3326-1887 ou (61)8226-6219 Mensagens, acesse o "Fale Conosco" Atenção! Funcionamento da secretaria: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 12h30 e das 17h às 22h.